Gestão de Empresas

Você sabe fazer escrituração fiscal? Aprenda hoje!

A escrituração fiscal é um processo realizado pela contabilidade de uma empresa, que tem por objetivo registrar os movimentos fiscais para que sejam gerados os impostos e demais informações tributárias que devem ser encaminhadas ao fisco.

Nesse sentido, é fundamental que esse setor execute suas atividades com o máximo de transparência, refletindo a realidade econômica da empresa. Nosso objetivo com este artigo é mostrar, por meio dos itens essenciais, como é feita a escrituração fiscal de uma empresa. Confira!

A contabilização das entradas, saídas e prestação de serviços

Para que uma escrituração fiscal seja feita de forma correta, devem ser executados os registros de toda a movimentação econômica e financeira ocorrida na empresa.

Isso implica dizer que todos os documentos fiscais de compra, venda ou prestação de serviços devem ser registrados no sistema de escrituração fiscal que sua empresa utiliza. Por meio desses registros a contabilidade tem acesso às informações necessárias para gerar a base de cálculo dos tributos.

O registro das notas fiscais de fretes e transportes

Também devem ser registrados todos os serviços de transporte contratados pela empresa, independentemente do tipo ou destino. Ou seja, os conhecimentos de transportes interestaduais, intermunicipais, internacionais e até mesmo aqueles realizados dentro da própria localidade da empresa devem ser objeto de escrituração fiscal.

A escrituração fiscal e seus códigos

A escrituração fiscal é feita basicamente por meio de códigos. Cada um deles tem funções diferentes no processo. O regime tributário da empresa, o tipo e localização da mercadoria vendida ou adquirida, bem como as formas de tributação, dentre outras são informações obtidas por esses códigos.

Agora vamos mostrar os principais e como eles atuam em cada fase da atividade de registros das operações ocorridas.

CFOP (Classificação Fiscal de Operações e Produções)

O CFOP é o código utilizado para classificar os tipos de entradas e saídas ocorridos em uma empresa.

Sua função é definir as categorias do produto e das vendas, indicar a movimentação de estoque e financeiro, o recolhimento ou não de impostos, e se a compra ou venda foi feita para um ente da federação diferente.

A aplicação é bem simples, existem tabelas de códigos espalhadas por todos os cantos da internet.

Um exemplo simples de utilização de um CFOP é a compra de materiais para uso e consumo de um fornecedor situado dentro do Estado onde a empresa está estabelecida, neste caso temos o CFOP 1.556.

Essa classificação é informada no momento de emissão de uma nota fiscal de saída ou registro de um documento de entrada.

CST (Código de Situação Tributária)

O CST é um código de três dígitos, que define a tributação de mercadorias e que sempre esta relacionado com o CFOP. A finalidade do CST é definir uma dentre as dezenas de variações tributárias que um produto pode ter.

Para exemplificar, podemos citar o código 060, que designa os produtos nos quais o ICMS é cobrado por substituição tributária. Ainda sobre a CST podemos citar o código 090, que engloba produtos que não têm tributação desse imposto.

CEST (Código Especificador da Substituição Tributária)

O CEST é um código composto por 7 dígitos que tem o objetivo de aumentar o controle sobre a escrituração fiscal dos produtos que são cobrados por substituição tributária.

O objetivo do código é estabelecer uniformemente as mercadorias e bens passiveis da substituição tributária, como podemos perceber no código 17.066.00 que designa os produtos alimentícios sujeitos a esse regime de tributação.

Agora você tem em mãos informações valiosas sobre como realizar uma escrituração fiscal de forma eficaz. Se você ficou com dúvidas ou tem alguma sugestão, entre em contato conosco! Será uma imensa satisfação atender você!

Você também pode gostar
leão fundo branco
Imposto de Renda 2017
vetor escritório
Qual a diferença entre micro e pequena empresa?
NFS: tire suas dúvidas sobre emissão de nota fiscal

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This