Gestão de Associações Gestão de Empresas

Saiba como realizar uma auditoria interna na sua empresa

empresa auditoria interna

Gerenciar uma empresa ou uma associação requer a delegação de algumas funções para outros funcionários. Isso porque à medida que a companhia se expande, aumenta o trabalho e, consequentemente, a necessidade de dividir esse trabalho com outros especialistas.

No entanto, por mais que você tenha o cuidado de se fazer presente na tomada de todas as decisões, é essencial contar com o trabalho de uma auditoria interna. A auditoria é a forma mais eficaz de conferir a regularidade da empresa e, assim, evitar conflitos com órgãos públicos e com funcionários.

Diante da importância dessa matéria, preparamos este post para que você entenda melhor o que é uma auditoria interna e como ela é feita. Continue lendo.

Auditoria interna

A auditoria interna é uma tarefa assumida por um auditor para avaliar, sobretudo, os controles financeiros e contábeis, a fim de auxiliar e orientar a administração da empresa.

É importante destacar que a auditoria interna é muito semelhante à externa, pois ambas estão voltadas para controlar a empresa e apresentar sugestões para a redução de deficiências detectadas.

No entanto, a principal diferença é que a interna é realizada por um funcionário da própria empresa e é, portanto contínua. Já a externa é resultado da contratação de um profissional independente e se mostra esporádica.

Os objetivos de uma auditoria interna

O principal objetivo é avaliar e, assim, orientar a administração da empresa, com base nas análises realizadas. Nesse sentido, o escopo final é apresentar um plano de ação para que a empresa tenha meios de conquistar uma melhor posição no mercado, a partir de uma melhora na eficiência dos processos de gerenciamento.

Para isso, será feita uma análise da eficácia e aplicação dos controles operacionais, financeiros e contábeis. E, ainda, uma análise do cumprimento das normas e procedimentos vigentes, bem como da extensão do controle sobre os ativos da empresa e sua proteção contra eventuais perdas. Por fim, avaliam-se os riscos estratégicos e de negócios.

Modalidades de auditoria interna

A mais usual é a auditoria contábil e financeira, que verifica as demonstrações financeiras, os procedimentos adotados e os respectivos registros para verificar se estão em consonância com a legislação e com os princípios da contabilidade. Nesse contexto, o enfoque é a área de tesouraria, a captação de recursos, as aplicações financeiras, liquidez e rentabilidade.

Já a auditoria operacional verifica se a organização, sistemas, programas e operações da empresa estão cumprindo, de forma eficiente, com os objetivos estabelecidos pela corporação.

A auditoria de sistemas, por sua vez, avalia os processos de desenvolvimento e operação dos sistemas no intuito de verificar sua eficiência, adequação, custos, segurança e documentação, entre outros.

A administração da empresa pode adotar, também, a auditoria de qualidade, a fim de garantir que o produto final atinja o mais alto padrão.

Por fim, a auditoria de gestão, busca avaliar os resultados obtidos e confrontá-los com a estratégia da empresa para identificar se foi adotada a mais eficaz. Além disso, identifica possíveis ameaças e oportunidades para melhorar os resultados futuros.

Pode-se dizer que uma auditoria complementa a outra, mas todas estão voltadas para a obtenção de melhores resultados.

O papel do auditor

O auditor determinará uma sequência de trabalho e avaliará os procedimentos de controle interno, revisando-os, a fim de estabelecer datas, natureza e extensão dos procedimentos de auditoria. Com a execução dos procedimentos de auditoria adotados, o auditor fará testes de avaliação para analisar os fatos ocorridos e, a partir disso, emitir um relatório com as deficiências encontradas, bem como com sugestões para a melhoria.

Pela natureza do trabalho, o ideal é que o auditor e sua equipe tenham autonomia em suas ações.

Dessa forma, você pode perceber a importância desse trabalho para manter a empresa em conformidade com a legislação e com total transparência quanto ao trabalho realizado pelos funcionários. Além, é claro, de proporcionar uma melhoria no trabalho desempenhado e consequente melhoria nos resultados. Vale a pena realizar uma auditoria interna.

Se você quiser saber mais, é só nos seguir nas redes sociais!

Você também pode gostar
ASSIS VIDEIRA RECEBE EQUIPE DE REPORTAGEM DA TV RECORD PARA UMA MATÉRIA DO QUADRO EMPRESÁRIOS DE SUCESSO
notebook desenho
Gerencie seu fluxo de caixa e controle o Índice de Inadimplência
O que você precisa entender sobre Gestão Estratégica de Empresas!

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This