Gestão de Empresas

Entenda como otimizar os processos internos da empresa

mesa de escritório

Em uma empresa, normalmente, focamos tanto no produto final que nos esquecemos de olhar mais atentamente para os diversos esforços e investimentos necessários para chegar lá. Mas é nesse caminho que mora o segredo do sucesso da maioria das empresas.

Este artigo trará algumas dicas de como otimizar os processos internos da empresa. Confira!

Mapear

O primeiro passo para otimizar os processos internos da empresa é o devido mapeamento desses processos. O principal objetivo é fazer com que o empresário identifique todas as etapas envolvidas na concepção de seus produtos ou serviços.

Cada empresa terá os seus de acordo com o segmento em que atua.

Acompanhar

Após a identificação, o próximo passo para otimizar os processos internos da empresa é o acompanhando e monitoramento dos resultados.

Por exemplo: o empresário identificou que o trabalho de sua empresa começa com a compra de matéria-prima, ou seja, com o processo de compras. Nesse caso, o empreendedor deve acompanhar os resultados apresentados para saber se, de fato, as melhores compras estão sendo realizadas.

Alinhar

Uma boa saída para otimizar os processos internos de uma empresa é alinhá-los com as metas da empresa. Se foi estabelecido como meta a redução de custos de produção, o empresário deverá tornar seus processos menos custosos. Já se a meta da empresa é aumentar a qualidade do produto, é hora de dar mais atenção a essa etapa para que falhas sejam corrigidas.

Outra saída é, após o monitoramento dos processos, estabelecer metas específicas para cada setor. Como melhorar a logística de compras com o objetivo economizar, sem impactar a qualidade, ou melhorar o processo de contratação diminuindo o número de demissões durante o ano, por exemplo.

Otimizar os processos internos da empresa como regra

O ideal é que esse pensamento esteja incluído na cultura da empresa, afinal, aperfeiçoar o modo de trabalho deve ser uma estratégia constante, pois poupa tempo e outros recursos da empresa, além de evitar prejuízos financeiros.

Além disso, se o empresário nunca acompanhou os processos internos de seu empreendimento, modificá-los pode se tornar muito complicado, exigindo o trabalho de uma consultoria naquela determinada área.

Em outros casos, é mais barato e rápido que a empresa realmente conte com uma consultoria para ajudar a otimizar os processos internos, afinal, nem sempre é viável — ou seguro — que todas as análises sejam realizadas pela gerência.

Isso ocorre, por exemplo, com as decisões relacionadas aos processos financeiros. Uma visão de fora, de uma empresa que tem experiência no mercado financeiro, pode ajudar o empreendedor a realizar melhores investimentos em seu negócio.

Otimizar os processos internos de uma empresa impacta diretamente a qualidade e a produção. Dessa maneira, é possível evitar prejuízos com retrabalho e desperdício de matéria-prima.

Dependendo do processo, ganha-se agilidade e ainda se diminui os custos envolvidos. Muitas empresas aumentam sua receita apenas otimizando os processos, pois a falta de acompanhamento constante torna-os obsoletos, e hoje já existe tecnologia para aperfeiçoá-los.

Gostou das informações? Ainda tem dúvidas? Não perca nossas próximas dicas e novidades nos seguindo no Facebook, LinkedIn e Google Plus.

Você também pode gostar
conversa de negócios
Saiba como executar um planejamento tributário na sua empresa
vendo gráficos
5 dicas de planejamento financeiro para o seu negócio
Tabela simples nacional 2017: fique por dentro

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This