Gestão de Empresas

Contador para PME: descubra a sua importância!

mão com caneta calculando

Pequenas e médias empresas correspondem a uma parte considerável do mercado nacional. De acordo com o Sebrae, a participação delas na economia brasileira vem progressivamente aumentando ao longo das décadas. Em termos agregados, essa participação passou de 21% em 1985, para 23% em 2001 e chegou a 27% em 2011.

Da mesma forma, o desafio das pequenas e médias empresas tem sido cada vez maior, no sentido de agregar valor e sofisticar sua atuação de maneira que consigam, assim, crescer com maior facilidade.

Nesse ponto, é fundamental lidar com a parte burocrática do negócio com eficiência. Saber como estruturar seu empreendimento do ponto de vista fiscal e ainda garantir bons conselhos na tomada de decisão pode ser um diferencial para o futuro. Por isso, nada melhor do que contar com um contador para PME.

Quer saber a importância desse profissional para PME? Continue a leitura!

Qual é o papel do contador dentro das empresas?

Para que serve um contador? Para adequar os procedimentos da sua empresa às exigências legais? Essa é uma definição que já ficou no passado. Hoje, o que se espera de um profissional contábil é muito mais do que isso.

Até mesmo em função das exigências que surgiram a partir da evolução das empresas, hoje cabe ao contador uma posição muito mais estratégica.

Além de lidar com questões de fundamental importância do ponto de vista técnico, como o planejamento tributário, a análise do desempenho da empresa, e o cumprimento das leis, atualmente, os bons contadores têm atuado na consultoria empresarial, dando orientações a respeito de novos investimentos, visando não somente a continuidade dos trabalhos da organização, como também, o seu crescimento.

Por que contratar um contador?

Planejamento tributário

Quando você abre uma empresa, precisa ter atenção a alguns aspectos fundamentais que podem fazer a diferença em sua gestão a longo prazo. Um deles é o planejamento tributário.

Basicamente, o planejamento tributário é a maneira como a empresa se organiza em relação aos impostos devidos. A principal atividade relativa a ele é a escolha adequada do regime tributário a pagar.

Nesse caso, a importância do contador é muito grande, pois é preciso fazer uma análise criteriosa das características de seu empreendimento para então enquadrá-lo em algum dos regimes tributários disponíveis.

Complexidade do trabalho contábil

Em muitos casos, principalmente em PMEs, é comum ver os próprios gestores cuidando da parte contábil de suas empresas. Até mesmo para aliviar os gastos com a contratação de um serviço qualificado, eles procuram aprender o máximo para lidar com a parte burocrática e, de fato, até acabam conseguindo segurar as pontas em um primeiro momento. Mas cabe esclarecer, nos termos do Código Civil art. 1.179 é obrigatório a sociedade empresaria seguir sistema de contabilidade, mecanizado ou não, com escrituração uniforme de seus livros e levantar anualmente o balanço patrimonial e do resultado econômico.   

Que é obrigatório ter um contador, não temos dúvidas, existindo no mercado diversos. Assim devendo ser analisado o diferencial do trabalho do contador que aparece nos detalhes. Por exemplo, quando não se tem a experiência necessária para lidar com a legislação, existe a possibilidade de se gastar muito mais com o pagamento de multas relativas a atrasos ou interpretações equivocadas sobre obrigações fiscais.

Já quando se trabalha com um profissional qualificado os procedimentos ganham em agilidade, qualidade e eficiência. Por isso, é fundamental contar com um contador que será capaz de colocar a empresa nos trilhos do sucesso.

Trabalhar com contador não é algo que deve ser considerado apenas por grandes corporações. As pequenas e médias empresas, tão significativas para o mercado nacional, também precisam ter atenção a este profissional, pois além de ser um aliado na questão legal, ele também pode ser um diferencial no crescimento do empreendimento. Por isso, jamais desconsidere o potencial de um contador para PME.

Gostou do nosso artigo? Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui seu comentário. Estamos dispostos a esclarecer.

Você também pode gostar
NOVO CÓDIGO DE ÉTICA PARA PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE
vetor escritório
Qual a diferença entre micro e pequena empresa?
digitando no notbook
Veja como checar as rotinas trabalhistas na sua empresa

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This