Gestão de Associações Gestão de Empresas

5 erros de contabilidade que a sua empresa não deve cometer

notbook com gráficos

Manter a contabilidade de sua empresa em dia deve estar sempre em suas prioridades. As consequências de algum deslize nessa área são altas: multas por órgãos públicos, processos judiciais, gestão desorganizada, entre outros. Não vale a pena pôr em risco o negócio que você construiu com tanto esforço.

Pensando nisso, separamos 5 erros de contabilidade que você e seu contador precisam evitar. Acompanhe nosso artigo!

1. Lançar valores errados

Na hora de lançar compras, vendas e outros fatos contábeis em sua empresa, a pressão de cumprir os prazos e gerar uma informação pontual para sua gestão pode ser fatal. Nesse ritmo, um número pode passar despercebido ou ser lançado equivocadamente. Dessa forma, a conta não vai fechar e muito tempo será perdido tentando descobrir onde ocorreram os erros de contabilidade.

Além da dedicação e atenção a serem empenhadas pelo contador, o empresário pode ajudar bastante, enviando a documentação de maneira organizada e clara, a fim de evitar futuras distorções nos dados.

2. Escolher um regime tributário oneroso

Muitas empresas estão pagando impostos a mais e não sabem disso, justamente porque seus contadores não se preocuparam em fazer um planejamento para identificar o cenário com menor carga tributária. As consequências disso podem até inviabilizar toda a sua operação, já que, quanto mais tributos a pagar, mais difícil fica impôr uma margem de lucro que remunere sua empresa adequadamente.

No início de cada ano, para evitar erros de contabilidade como esse, marque uma reunião com seu contador para rever se o regime tributário escolhido ainda é a melhor opção para vocês.

3. Deixar de constituir uma reserva financeira

Imprevistos acontecem: ação judicial de um cliente ou associado, uma multa por fiscalização de um órgão público, um equipamento quebrado que precisa ser trocado, etc. Para manter sua empresa sempre com um caixa saudável, é interessante estar preparado e constituir uma reserva financeira especialmente para lidar com situações inesperadas.

Pague-se primeiro. No primeiro dia de cada mês, separe um valor para sua reserva financeira. Se está impossível fazer isso no momento, planeje-se para o futuro com a ajuda de seu contador, utilizando um fluxo de caixa projetado.

4. Atrasar obrigações fiscais

O fisco está constantemente vigiando seu negócio. Órgãos reguladores e administrativos, como a Susep e a Receita Federal, por exemplo, estão ávidos por informações sobre sua empresa. Deixar de cumprir as obrigações impostas pelo fisco é um dos erros de contabilidade mais graves que podem acontecer. Além de multas pesadas, isso pode atrair a atenção para mais fiscalização dentro de sua empresa.

Trabalhe junto com seu contador e questione se as obrigações acessórias estão sendo cumpridas dentro do prazo. Além disso, sempre que receber uma guia tributária, informe-se a respeito da data de vencimento e cumpra o pagamento.

5. Ignorar as demonstrações contábeis

Balanço Patrimonial, Demonstração de Resultado do Exercício e Demonstração dos Fluxos de Caixa, por exemplo, são algumas das principais demonstrações contábeis que seu contador pode fornecer para sua empresa. Manter essa papelada no fundo de uma gaveta e ignorar as informações ali presentes costuma ser perigoso para sua gestão.

Agende uma reunião com seu contador para que ele possa traduzir os dados presentes nas demonstrações e dar dicas sobre o que pode ser melhorado em sua empresa, com base nessas informações.

Erros de contabilidade devem ser minimizados ao máximo, já que, como visto, o cenário pode ser caótico se eles ocorrerem com frequência. Manter a sua empresa sintonizada com as boas práticas contábeis é o melhor que você pode fazer para garantir um crescimento saudável do patrimônio que você construiu.

Quer ter acesso a uma administração sem erros de contabilidade, com dados seguros e efetivos? Entre em contato conosco agora mesmo!

Você também pode gostar
vetor escritório
Qual a diferença entre micro e pequena empresa?
Quando contratar uma assessoria contábil?
Tabela simples nacional 2017: fique por dentro

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This