Gestão de Empresas

5 dicas para fazer a redução de custos na empresa

calculadora

Uma empresa ou uma associação que cresce muito rápido pode, por vezes, perder um pouco o controle dos seus custos. O que é normal, pois todos os objetivos estão voltados para a expansão e consolidação no mercado.

No entanto, em um dado momento, sobretudo neste de crise, é interessante rever o gastos da empresa e avaliar se todos eles são mesmo necessários. E, claro, se há alguma forma de reduzi-los, mas sem prejudicar a qualidade do produto oferecido ou do serviço prestado.

Pensando nisso, preparamos este post com algumas dicas sobre como fazer para garantir a redução de custos na empresa. Continue lendo!

1. Analise seus custos

Parece óbvio, mas alguns gestores simplesmente decidem cortar gastos, sem antes analisar as necessidades específicas de sua empresa. Nesse sentido, o primeiro passo é mapear os gastos da companhia e listá-los em essenciais e em periféricos.

As despesas essenciais são aquelas fundamentais para o desenvolvimento da empresa, sem os quais ela poderia decair no nível de qualidade e satisfação do cliente, como funcionários e matéria-prima. Já as periféricas são despesas que não estão diretamente ligadas ao negócio central.

Assim, privilegie o corte ou a redução das despesas periféricas para que seu produto final não seja afetado.

2. Pesquise fornecedores

Por mais que você ou o departamento responsável já tenha o hábito de fazer as compras sempre com as mesmas pessoas, não se acomode. Pode acontecer de você ter se acostumado com um fornecedor e não perceber que os preços dele não são os melhores do mercado. Assim, pesquise sempre antes de comprar.

Além disso, centralize as compras. Fazer todas as compras de um setor com um único fornecedor e em um único momento do mês pode implicar maior desconto no valor e menor desperdício.

3. Repense o uso da água e da energia elétrica

A adoção de meios para economia de água não é importante apenas porque vivemos uma crise hídrica, mas também porque pode estar representando um custo desnecessário. Por isso, empregar mecanismos de reúso da água e de captação da água da chuva, pode significar uma redução significativa na conta.

Do mesmo modo acontece com a energia elétrica, que é tão necessária para qualquer trabalho. Para a redução do valor da conta de luz, pode-se optar pela instalação de sensores de presença e, ainda mais simples, pelo simples hábito de manter as luzes apagadas ao longo do dia, de desligar os computadores e demais eletrônicos ao final de cada dia de trabalho e manter o ar-condicionado na temperatura ideal, sem exageros.

4. Reveja os contratos de telecomunicações

Gastos com telefonia e internet podem pesar no orçamento da companhia. Por isso, não deixe de pesquisar planos que podem ter melhor custo-benefício, mesmo que isso signifique mudar de operadora.

Nesse sentido, escolha um plano que se adeque à sua necessidade, ao que de fato os funcionários precisam para realizar um bom trabalho, pois você pode estar pagando além do necessário. Além disso, revise quais são empregados que realmente precisam ter um celular da empresa.

5. Cerque-se de uma boa equipe e a mantenha treinada

Funcionários desqualificados e não empenhados em realizar um bom trabalho podem gerar inúmeros prejuízos para a empresa. Problemas como a pouca produtividade, o atendimento ruim prestado ao cliente e o trabalho feito de modo errado geram prejuízos, na medida em que se perde tempo e corre-se o risco de perder clientes.

Além disso, uma equipe competente e envolvida com o trabalho é uma grande aliada para a redução de custos na forma das dicas anteriores. Eles podem ajudar na economia de água, de energia elétrica e de ligações telefônicas. Além disso, podem ser mais conscientes quanto ao uso dos materiais de escritório, para que não haja desperdícios.

Então, aproveite essas dicas e promova uma redução de custos na sua empresa. Você vai perceber que fazer economia de diferentes formas, mesmo que seja de pequeno valor em cada atitude, pode significar uma grande diferença no orçamento final.

Gostou das dicas? Está pensando em implantá-las? Então compartilhe nas suas redes sociais e ajude outros empresários a fazer o mesmo!

Você também pode gostar
ter ideia
Os 5 erros mais comuns na gestão de empresas
Como sanar problemas com a legalização de processos internos da empresa?
Seu sonho é ver sua empresa crescer? Reconheça 3 situações graves que impedem

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This